kartal escort maltepe escort antalya escort ataşehir escort alanya escort bedava sex porno video sikis porn maltepe escort tecavuz porno antalya escort pendik escort ankara escort ankara escort ankara escort eskişehir escort ankara escort Ankara escort Ataşehir escort beylikdüzü escort Ankara escort mersin escort avcılar escort avcılar escort avcılar escort Etiler escort taksim escort etiler escort bakırköy escort bodrum escort bahçeşehir escort kurtköy escort maltepe escort kadıköy escort kartal escort ataşehir escort maltepe escort ataşehir escort ümraniye escort ümraniye escort Maltepe Escort anadolu yakası escort Escort bayan FGV : 31,3% dos Pré-fabricadores investiram mais em 2015 - Leonardi - Construção Pré fabricada

FGV : 31,3% dos Pré-fabricadores investiram mais em 2015

Publicado em 16/07/2015
Imagem do Artigo FGV : 31,3% dos Pré-fabricadores investiram mais em 2015

Foi feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) neste ano de 2015 uma pesquisa que faz menção ao aumento de investimentos em pré-fabricados de concreto. No ano de 2014 a Sondagem de Expectativas da Indústria de Pré-fabricados de Concreto divulgou que 44% das empresas do segmento investiram em 2014 mais que em 2013, enquanto 32,6% disseram investir menos. Quanto a 2015, 31,1% das empresas do segmento planejam investir mais, um número relativamente alto, enquanto apenas 15,6% destas empresas pretendem investir menos.

A maior parte destes investimentos no ano passado (2014) foi a compra de equipamentos para produção. Boa parte também foi dedicada à ampliação de áreas de produção e infraestrutura de equipamentos no geral, respectivamente. Já uma menor parte do capital das empresas foi investido em expandir áreas de estocagem e em galpões e obras civis.

Outro tópico abordado pela pesquisa foi o ranking onde foram utilizadas as estruturas pré-fabricadas em comparação de 2013 para 2014, com perspectivas para 2015. Dois anos atrás, dominava o ranking as indústrias, enquanto no ano passado os shoppings centers tomaram seu lugar. O ranking de 2014, diferente do de 2013, está mais concentrado no comércio, isto é, em centros de distribuição e logística, edifícios comerciais, área de varejo e então, por último, o segmento habitacional.

Já a respeito do uso de insumos, foi constatado que em 2014 houve uma queda do uso de cimento de 3% e o uso de aço se manteve quase constante (aumento de 0,3%). A FGV apurou também que o número de empresas que, além de produzir as estruturas de concreto, também produzem estruturas metálicas cresce, revelando uma tendência de industrialização com estruturas mistas e híbridas, combinando os sistemas construtivos.

Em relação aos empregos gerados pelo segmento de pré-fabricados, a sondagem registrou uma queda de 9% em relação de 2012 para 2013. Uma minoria de empresas mantém uma média de 500 funcionários e em sua maioria empregam em torno de 100 funcionários.

Essa pesquisa, que teve como coordenadora a economista Ana Maria Castelo, foi realizada entre os meses de Agosto e Novembro de 2014, ouvindo cerca de 45 das 53 empresas associadas da Ambicc.

Ranking de Obras em Alta no Brasil

Infográfico: Ranking de Obras em Alta no Brasil
Infográfico: Ranking de Obras em Alta no Brasil
Infográfico: Ranking de Obras em Alta no Brasil
Infográfico: Ranking de Obras em Alta no Brasil
Infográfico: Ranking de Obras em Alta no Brasil
Infográfico: Ranking de Obras em Alta no Brasil
Infográfico: Ranking de Obras em Alta no Brasil
Infográfico: Ranking de Obras em Alta no Brasil
Infográfico: Ranking de Obras em Alta no Brasil

 Endereço:
Rod. Dom Pedro I, Km 82,3
Rio Abaixo - Atibaia–SP
CEP 12954-260

 Telefone:
55 11 4416 5200